Café benefícios, propriedades e contra-indicações

Café benefícios, propriedades e contra-indicações

O café é uma das bebidas mais estudadas e discutidas por pesquisadores em todo o mundo por causa de sua popularidade, especialmente no Brasil.

emagrecer

Seus benefícios são muitos, mas o abuso de café é perigoso porque leva à desidratação, e se torna ainda mais arriscado para aqueles que sofrem de hipertensão. Abaixo, vamos ver quais são os benefícios e as propriedades dessa bebida tão querida dos brasileiros.

Benefícios do café

O café, como todos já sabem, é composto principalmente de cafeína. Este estimulante, em quantidades não superiores a 300 ~ 400 mg por dia (maios ou menos de 3 a 4 xícaras de café expresso), tem efeitos benéficos sobre a secreção gástrica e biliar. Graças a esta propriedades estimulantes, o café pode ajudar a digestão após as refeições.

A cafeína também tem um efeito tônico e estimulante sobre o coração e funções nervosas, dando uma sensação imediata de energia, mas não dura muito tempo.

Entre todos os benefícios, o mais apreciados da cafeína, é sua função para facilitar a perda de peso. Isso porque ela aumenta a taxa metabólica basal, promovendo o uso de gordura para transforma-se em energia. Desta forma, também estimula a termogênese, aumentando o número de calorias consumidas pelo corpo.

Outro benefício pouco conhecido do café, é sua ação antioxidante. Devido ao ácido clorogênico, contido no café, que ajuda a proteger contra os danos causados ​​pelos radicais livres.

Café contra indicações

A ingestão excessiva de café, e também refrigerantes ou qualquer outra bebida que contêm cafeína, pode causar diversos problemas para os seres humanos.

A dose diária de cafeína não deve ser excedida de 300mg ~ 400mg, por isso, um indivíduo saudável não deve tomar mais do que 3 a 4 xícaras de café expresso por dia.

Exceder este limite pode gerar diferentes distúrbios do nível do trato digestivo devido à estimulação excessiva sobre a secreção gástrica. Também devido ao fato do café ter um pH ligeiramente ácido,(em torno de 5.0 ~ 5.1), é muitas vezes contra-indicado para indivíduos que sofrem de doenças como úlceras, refluxo gástrico e gastrite.

As contra-indicações de café são bem conhecidas por pessoas que sofrem de insônia, hipertensão e rubor porque esta bebida tem um efeito estimulante sobre a atividade do coração e do sistema nervoso.

O consumo excessivo de café dificulta a absorção e a biodisponibilidade de substâncias úteis para a saúde do nosso corpo, incluindo a vitamina B2 ou riboflavina, ferro, cálcio, e creatina. Os sujeitos que sofrem de desordens tais como anemia, osteoporose e fraturas ósseas deve consumir menos alimentos e bebidas que contenham cafeína.

Em indivíduos saudáveis, e de acordo com a pessoa, os efeitos adversos do café ocorrem quando a dose de cafeína transcende de 600 ~ 1000 mg, causando problemas tais como irritabilidade, ansiedade, alterações de pressão, tremores, excitação excessiva, taquicardia, insónia.

Mulheres que estão no período de gestação e amamentação deve diminuir ou eliminar o café e outros alimentos e bebidas que contenham cafeína. Pois esta substância é capaz de atravessar facilmente a barreira hemato-encefálica e a placenta, vai acabar no leite materno, resultando perigoso para o feto ou o bebe.

Quanto beber de café por dia

Já dissemos que o limite de ingestão de cafeína é geralmente fixada em cerca de 300 miligramas por dia. O que representa cerca de 3 a 4 xícaras de café expresso por dia.

No entanto, também deve considerar o fato de que o café não é a única bebida ou comida que contém cafeína. Entre os alimentos que também contém cafeína mais consumidos diariamente são chocolate, chá, Coca-Cola e bebidas energéticas. Então, você precisa ter em mente a quantidade de cafeína derivada de outros produtos alimentares.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
( 1 Votos )
Loading...