Anfepramona como Tomar

Você  sabe como tomar anfepramona corretamente para emagrecer?

Anfepramona Como Tomar

Qualquer pessoa que tenha tentado perder peso durante muito tempo pode ter ouvido falar de anfepramona. Proibido no Brasil pela ANVISA há alguns anos atrás, a perda de peso retornou às prateleiras recentemente, e o Senado votou na semana passada por um projeto que permite a sua venda em definitivo. Por enquanto, o decreto que libera anfepramona – e outras substâncias como sibutramina, fenproporex e mazindol – ainda depende da sanção presidencial, mas está em processo de tornar-se oficial.

emagrecer

Tomar Anfepramona emagrece mesmo?

E é aí que surge um grande dilema para aqueles que querem perder peso; quer tomar ou não este tipo de medicamento que promete inibir o apetite?

Para lhe dar uma idéia de como essa droga causa controvérsia, a ANVISA determinou que a amfepramona só pode ser vendida com receita médica que será retida na farmácia e o médico que prescreve terá que assinar uma responsabilidade. Já o paciente irá assinar um documento reconhecendo que ele conhece os efeitos colaterais e os perigos da medicação. voce sabe o que eles são?

Efeitos colaterias da Anfepramona

Efeitos colaterais: assim que você começar a tomar anfepramona, sintomas comuns como boca seca, irritabilidade e constipação são comuns. Além disso, no entanto, sintomas mais graves aparecem como insônia causada por pesadelos e períodos de depressão, com a capacidade de causar gritos repentinos e constantes. Também há casos de aumento da pressão arterial e taquicardia. Para pessoas mais propensas, isso aumenta o risco de parada cardíaca e também acidente vascular cerebral.

Abstinência: consumada a longo prazo, a anfepramona torna-se uma droga como qualquer outra, com a ocorrência de retirada séria. Houve relatos de pessoas que tiveram tremores em suas mãos depois de parar a medicação, e também podem desenvolver depressão profunda e também servem como gatilho para a síndrome do pânico.

Antes leia a bula completa da Anfepramona

Contra-indicações: os riscos listados acima são considerados para pessoas saudáveis ​​sem qualquer tipo de doença diagnosticada. Para indivíduos com problemas cardíacos, distúrbios psíquicos e gastrointestinais, o perigo pode ser ainda maior. Tanto é que o remédio é estritamente proibido para mulheres grávidas, crianças, mulheres que amamentam e idosos.

Droga: capaz de causar os sintomas de abstinência que eu mencionei lá em cima, o uso de anfepramona tem popularizado como droga recreativa. Porque contém noradrenalina, um hormônio que causa euforia e bem-estar, a substância aumenta os batimentos cardíacos, reduzindo o sono e se cansando.

Preços e onde comprar Anfepramona

Importação: além dos riscos que já acompanham a fórmula, a burocracia para comprar o medicamento no Brasil criou um risco extra. Muitas pessoas acabam importando mais especificamente do Paraguai, cápsulas sem qualquer tipo de controle de qualidade. Sem a certeza de que é realmente o remédio, é uma situação ainda mais perigosa.

Antes e depois com Anfepramona

Vale dizer que a amfepramona reduz de 9 a 15 quilos em cerca de 3 meses, o que também pode causar o efeito do acordeão. Mas mais do que isso, consumir o remédio sem um acompanhamento rígido pode se tornar um grande problema de saúde, que não vale a pena.

Então, se você quer perder peso, a dica é buscar alternativas mais saudáveis ​​e seguras com suplementos naturais, dietas de desintoxicação, reeducação de alimentos. Se não funcionar, fale com o seu médico e avalie os prós e os contras muito antes de começar a tomar um medicamento como este.