Comer pistache pode ajudar a emagrecer muito mais rápido!

Veja agora 5 razões para você incluir o pistache em sua dieta cotidiana

Isso mesmo: comer pistache pode te fazer finalmente entrar em forma e acabar de vez com a eterna briga entre você e a balança. Quem diz isso é a entidade American Pistachio Growers que indica a alimentação a partir de pistaches como combate a obesidade que, acredite, a cada ano mata 2,6 milhões de pessoas.

Além disso, a taxa de obesidade e excesso de peso dobrou terrivelmente de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). A OMS ainda ressalta que o aumento está atingindo “proporções epidêmicas” e, justamente por isso, considerar a ingestão de pistache em sua alimentação pode ser uma boa saída para evitar não só o aumento de calorias, como também acabar com o temido efeito sanfona.

1. Eles ajudam a reduzir o risco de obesidade

Vários estudos provenientes da American Pistachio Growers concluem que os adultos incorporando pistaches em sua dieta, em comparação com aqueles que não o fazem, podem ter um peso menor em médio e longo prazo. Além disso, estudos publicados em 2012 e 2013 sugerem que o consumo de nozes – e nessa categoria incluem-se também pistaches – pode contribuir para a prevenção da obesidade.

2. Eles ajudam a reduzir o índice de massa corporal

Um estudo científico da American Pistachio Growers concluiu que o consumo regular de pistache pode reduzir o índice de massa corporal. A pesquisa foi realizada com mulheres com idade entre 20 e 65 anos, que consumiram 53 gramas ou 56 gramas de pistache como parte de uma dieta controlada de calorias.

Especificamente, enquanto ambos os grupos reduziram o peso durante o estudo de 12 semanas, os indivíduos que seguiram a dieta pistache reduziram mais significativamente o seu índice de massa corporal. Isso mesmo: os dados que, na opinião da organização, mostram que é possível incluir porções controladas de pistaches como um lanche para os programas de controle de peso fazem total sentido.

3. As cascas dos pistaches reduzem o total de calorias consumidas

Uma vantagem do pistache no controle de peso é sua casca. A parte externa, como observou a American Pistachio Growers em um estudo de 2014, corrobora a hipótese de que pistaches contribuem para a redução da ingestão calórica ainda durante sua própria ingestão e na ingestão de outros alimentos subsequentes.

4. Aumentam a sensação de saciedade

Saciedade, a sensação de estar cheio depois de comer, é um componente importante do controle de peso e pode influenciar a frequência de ingestão de alimentos que vai do necessário ao completamente excedente. As evidências indicam que todas as possibilidades de combinação de pistache em sua alimentação irão ajudá-lo a se sentir saciado, suprimir a fome e reduzir o desejo de comer demais e fora de hora.

5. Eles contêm menos calorias, mais proteína e fibras

Uma porção de pistache é igual a cerca de 49 unidades deste alimento e contém aproximadamente de 164 kcal. Em comparação com outros frutos secos, como nozes (195 kcal), castanha de caju (171 kcal), amêndoas (176 kcal) e avelãs (191 kcal), pistaches têm menos calorias por porção que todos eles. Também é digno de nota ressaltar que o pistache é rico em fibra (2,9 g por porção) e uma fonte de proteína (5,9 g por porção) vegetal de extrema importância ao bom funcionamento do corpo humano – em especial ao intestino e digestão correta.

Curiosidades sobre o Pistache

• De acordo com os muçulmanos e suas lendas, o pistache foi um dos alimentos mais importantes já consumidos pelos humanos. Trazidos por Adão para a Terra, eles serviram de forma bastante eficaz para que os homens tivessem vigor e força para continuar o trabalho de arar a terra. A partir daí as histórias são muitas. Acredita-se também que os faraós egípcios usavam um perfume chamado de Kyphi em que a base era esse tipo de fruto seco.

• Já na Grécia Antiga, a curiosidade vem de Plutarco que dizia que o pistache relaxava e trazia bons sonhos. Não é possível provar isso cientificamente ainda, mas já que sabemos que o pistache auxilia no processo de emagrecimento, bem, por conseguinte podemos pensar que teremos uma noite de sono bom se também estivermos com a qualidade de vida em dia. Logo, talvez Plutarco não estivesse tão enganado assim.

• Por fim, outra curiosidade aponta para o antigo rei da Babilônia, Nabucodonosor, que plantou muitos pistaches no seu fabuloso jardim suspenso. Já a rainha Sabá, da Assíria, mandou cobrir todas as terras do seu reino com a semente em 6.750 a.C. Segundo as lendas que pairam pelo ar sem comprovação histórica firme, foi ela quem decretou o pistache como sendo um alimento da nobreza e proibido para o povo. E fez dele, a partir do decreto, um aperitivo para poucos. Ainda bem que hoje nós, os plebeus, também podemos ter acesso à esta maravilha do emagrecimento.

Deixe um comentário