Como evitar a ortorexia durante o processo de emagrecimento?

54
Como evitar a ortorexia durante o processo de emagrecimento?

Você sabe o que é ortorexia? Não? Então este artigo é para você.

emagrecer

A ortorexia é um transtorno alimentar que pode chegar a causar a doença ou mesmo morte. Ortorexia é uma obsessão que uma pessoa tem por uma específica e restritiva alimentação saudável. Este transtorno faz com que a pessoa sinta a necessidade de sentir-se “pura” através dos alimentos. 

Além disso, a ortorexia responde a um desejo obsessivo de rejeitar alguns alimentos que podem ser, de acordo com suas visões, “prejudiciais” à saúde. Essa restrição alimentar pode levar, em muitos casos, à anemia, desnutrição ou falta de vitaminas. O problema é que é a ortorexia uma visão distorcida da realidade e, ao invés de trazer um resultado bom à saúde, pelo contrário, traz mais transtornos sérios do que benefícios.

Este tipo de comportamento foi descrito no final dos anos 90, quando as pessoas começaram a se preocupar ainda mais com a alimentação e começou a surgir mais e mais a moda dos alimentos lights nos mercados. A partir daí muitas pessoas com problemas relativos à nutrição e metabolismo começaram a ser diagnosticadas como ortoréxicas. 

E você sabe o que é pior ainda? Entre estas pessoas o maior numero são as mulheres, justamente elas que sofrem pressão de todos os lados para “manter o corpo ideal” e ainda ser bonita, engraçada e sempre prestativa. 

A ortorexia, como é bem claro para todos, também está ligada à uma sociedade patriarcal, machista e misógina que sobrecarrega a mulher de muitas maneiras exigindo dela uma beleza e peso padrões que não condizem, como mostram os diagnósticos de ortorexia, com algo saudável e benéfico ao desenvolvimento pleno do gênero feminino.

Pessoas com ortorexia

Os ortoréxicos precisam de ajuda e tratamento de profisionais especializados na mente humana e também no corpo físico.  Na dieta de alguém que possui ortorexia o que se mais vê não é o acréscimo de algum alimento benéfico à saúde, mas sempre a eliminação daquilo qué considerado “calórico”, “engordativo”, “não saudável o bastante para mim”. 

Alguns sintomas que a ortorexia apresenta são:

  • Você sente a necesidade de se pesar constante e obsessivamente, além de contar detalhadamente uma por uma das calorias ingeridas dos alimentos.
  • Você planeja sua comida de modo que isso foge de um tempo considerado normal, isto é, o preparo pode demorar pelo menos algumas horas preciosas do dia que você passou eliminando e eliminando esse e aquele alimento da dieta.
  • Muitas vezes você sofre, um leve ou moderado, isolamento social porque não quer comer fora de casa ou tem vergonha dos julgamentos que outras pessoas farão a seu respeito, seu paladar e hábitos alimentares.
  • A comida, mesmo que inconscientemente, é vista em vários momentos como algo para além da nutrição e prazer, ela é percebida como uma purificação espiritual e você pode, em algumas ocasiões, até mesmo punir-se por não cumprir uma rígida e restritiva dieta estabelecida.

O significado do termo

A ortorexia está intimamente relacionada com a anorexia e a bulimia, porque muitas pessoas sofrem ou já sofreram de anorexia e começam, numa preocupação, até de boa intenção, de manter-se saudável a qualquer custo.

Mas ao contrário da anorexia, bem ao contrário, tendo ortorexia a pessoa tem uma boa opinião de si mesmo e se sente superior a outras pessoas, porque ele acredita que o seu comportamento é o mais adequado, o mais saudável e o mais indicado para ter “saúde”. Ledo engano.

Ortorexia pode ser classificado como um transtorno alimentar e seu nome vem dos termos orto (direita) e orexia (palatabilidade). Ela pode trazer consequências muito graves para a saúde ao exigir limitados grupos de alimentos que são “necessários” à ideia de “uma dieta equilibrada”. 

Restringir, limitar, privar-se, eliminar e não escolher uma variedade realmente precisa de bons alimentos pode até te dar a imprensão de que você está magro e saudável, mas cuidado: você pode estar tapando o sol com a peneira ao desconhecer ou não querer enxergar que o seu organismo precisa justamente daquela alimentação que você se restringiu, limitou, se privou e eliminou. 

Ortorexia é um transtorno alimentar  ≠  Ser um vegetariano ou vegano

Ortorexia não tem nada a ver com vegetarianos ou veganos que levam uma dieta muito seletiva e saudável por escolha. A ortorexia é um distúrbio que pode causar desnutrição, isolamento social e chegar a fazer com que até mesmo algumas pessoas comecem a optar por se deslocar pelo interior do país para comer apenas alimentos específicos que elas produzem.

A preocupação com o físico e ortorexia

A maioria das pessoas com ortorexia são mulheres e é por causa das preocupações estéticas e físicas da sociedade machista sobre elas que isso se torna cada dia mais comum. As pessoas afetadas por ortorexia começam com a intenção de melhorar sua dieta e estão gradualmente obcecadas com o que devem ou não devem comer.

As razões que levam à ortorexia, de modo geral, são as seguintes:

  • Os ortoréxicos têm medo de ingredientes não naturais, tais como conservantes, corantes, espessantes.
  • Ligam sempre a preocupação quanto a se alimentar fora de uma restrita dieta com a terrível “punição” que é desenvolver problemas estéticos
  • As pessoas com ortorexia estão com medo de transmissão de doenças através dos alimentos como anisakis, gripe suína, gripe aviária, vaca louca …
  • Elas acreditam que os alimentos saudáveis ​​irão proporcionar um estado de pureza e, portanto, irá evitar possíveis doenças – é algo quase transcendente e místico.