Conheça 4 alimentos que Atrapalham o Emagrecimento

Vai subir na balança? Cuidado, conheça 4 alimentos que atrapalham o emagrecimento. Toda vez que começamos a emagrecer seguindo aquela dieta ou aquela rotina de exercícios, em um momento ou outro, é quase certeza, irá surgir aquela leve vontade de desistir ou até mesmo se render às tentações dos alimentos nada saudáveis e de uma vida ociosa.

Logo, nada mais normal do que algumas questões começarem a surgir em nossa cabeça. É necessário mudar o estilo de vida? Como conseguir ter o mínimo de disciplina e iniciar a luta contra a balança? É preciso ser radical? Precisa de muito tempo para se exercitar? Todas as dietas são confiáveis? Por onde começar? Quantas perguntas não é mesmo?!

E mesmo sem uma resposta pronta e endereçada a todo mundo, uma possível saída para emagrecer está certamente na alimentação que segue a regra de gastar mais calorias do que aquelas que são ingeridas cotidianamente, por isso conheça 4 alimentos que atrapalham o emagrecimento.

Assim, vale o aviso: subir e descer da balança de forma contínua e sem dar tempo ao processo de emagrecimento é como tentar abrir a geladeira de minuto a minuto e esperar que apareça lá dentro um belo e requintado prato de salada que você ainda não fez. Não, isso não vai acontecer de forma milagrosa.

Porém, quem disse que é impossível emagrecer com saúde? Por isso, e sabendo da dificuldade de escolha em bons alimentos que nos faz perder peso, separamos abaixo uma superlista com 7 alimentos que atrapalham e muito na hora de perder aquela barriguinha, diminuir a cintura e dar adeus ao peso em excesso.

1 – Barrinhas de cereais e barrinhas nutricionais

Nem todas as barras são saudáveis, cuidado! Mesmo que muitas delas pareçam ser a melhor saída, e possam encantar o público menos informado ao dizer que possuem menos calorias, lá vai um aviso: elas possuem quase sempre altíssimos níveis de açúcar! Veja com cuidado a tabela nutricional de cada uma delas antes de sair por aí comendo as barrinhas como se não houvesse amanhã.

2 – Comer muito pão integral

Mesmo que ele possa conter muito mais vitaminas, fibras e até minerais do que o temido pão branco, ainda assim, fique alerta: as quantidades de calorias entre um pão integral e outro não são tão grandes para que você possa comer pão integral no café da manhã, jantar e ceia da noite.

Preste atenção ainda mais nos ingredientes descritos nas embalagens: comprar pão integral achando que pode comer a quantia demasiada que desejar e achar que irá emagrecer é o mesmo que comprar gato por lebre e achar que fez um bom negócio.

3- Sucos de frutas em excesso

Sim, pode parecer meio estranho. Mas os sucos de frutas (mesmo sem o açúcar) podem ter alto nível de frutose (o açúcar natural das frutas) e isso pode atrapalhar o seu corpo a digerir todo o excesso consumido e, o pior, ir acumulando carboidratos indesejados. E se o suco for daqueles de caixinha ainda… então, melhor nem subir na balança: eles ajudam a não perder o peso pela concentração absurda de açucares.

4 – Embutidos com muita proteína

Ok, você pode até dizer que os embutidos (como linguiças, salames e salsichas, por exemplo) são considerados boas fontes de proteína animal e, por conseguinte, são recomendados a quem quer ter uma dieta saudável, correto? Errado. Comer muitos embutidos não te ajuda a emagrecer.

E, o que mais preocupa, para além do teor calórico e de gorduras insaturadas, eles possuem muito sódio para dar o gosto salgado peculiar de cada item. No quesito proteínas sempre escolha carnes frescas (e magras) e ovos cozidos ou troque os embutidos até pelo não muito lembrado grão-de-bico. Certamente você não se arrependerá da troca quando subir novamente na balança.

Deixe um comentário