Dieta Vegana

A dieta vegana √© a forma mais extrema de uma dieta vegetariana. O veganismo rejeita o uso n√£o s√≥ da carne animal (carne, peixe, frutos do mar…), mas tamb√©m os alimentos feitos a partir dele, produtos l√°cteos, ovos, manteiga ou mel.

Dieta Vegana

As motiva√ß√Ķes dos vegans podem ser de diferentes ordens: alimenta√ß√£o saud√°vel, promover o respeito pelo meio ambiente, respeitar os direitos dos animais, promover o consumo equitativa ou observar preceitos religiosos.

Os alimentos autorizados são só frutas e legumes, leguminosas (ervilha, feijão), soja, cereais (arroz, milho, trigo), oleaginosas (nozes, avelãs), as sementes e produtos fabricados a partir delas (óleos e leite vegetais, em particular).

emagrecer

A dieta vegan requer muita imaginação para compor pratos e menus equilibrados e é difícil de aplicar na sociedade.

N√£o √© recomendado iniciar essa dieta, sem um conhecimento b√°sico da nutri√ß√£o. Por excluir completamente alimentos animais, a dieta vegan pode levar a defici√™ncias em prote√≠nas, amino√°cidos essenciais, vitamina B12, ferro e √°cidos graxos como Omega 3. Ao proibir o consumo de produtos l√°cteos, que tamb√©m exp√Ķe as defici√™ncias de c√°lcio e vitamina D.

No entanto, √© muito procurada como uma maneira de comer menos gordura saturada (gordura ruim, geralmente encontrada em carnes, frios, queijos, manteiga …) e na comida cl√°ssica.

Por esse motivo a dieta vergana ajuda a reduzir o excesso de peso, níveis elevados de colesterol, diabetes, hipertensão e o risco de doença cardiovascular.

Outro ponto positivo: rica em fibras , proporciona saciedade e ajuda a regular o tr√Ęnsito intestinal.

Como se tornar Vegan

Ser vegan, não é apenas remover as carne e produtos lácteos da alimentação, mas construir uma dieta equilibrada, na ausência destes dois grupos de alimentos. A dieta vegan é muito restritiva e deve ser seguida com cuidado, especialmente por adolescentes, como mulheres grávidas e lactantes.

Para evitar a deficiência nutricional prejudicial no corpo, é essencial estabelecer sistemas de compensação:

Prote√≠nas: Pode ser reposta atrav√©s de soja, gr√£o de bico, etc… mas ser√° necess√°rio consumir diariamente, ja que √© encontrada em poucas quantidades.

Vitamina B12: Como é totalmente ausentes nos vegetais, devemos nos concentrar em alimentos como: levedura, soja ou bebidas de arroz. E até mesmo considerar suplementação.

Ferro: Pode ser encontrado em tofu e gr√£os integrais, no entanto s√£o menos bem absorvido do que produtos de origem animal, por isso √© necess√°rio durante as refei√ß√Ķes consumir vitamina C, que melhora a absor√ß√£o e limitar o ch√°, que tem o efeito oposto.

Vitamina D: Novamente, é necessária a utilização de alimentos enriquecidos ou complementar com suplementos para evitar a deficiência.

C√°lcio: Na aus√™ncia de produtos l√°cteos, deve optar por bebidas vegetais: leite de soja, leite de am√™ndoa. √Āgua mineral e frutas e legumes que cont√™m c√°lcios (repolho, br√≥colis, frutas c√≠tricas).

√Ēmega 3: √ďleos vegetais e frutos secos (nozes, avel√£s, am√™ndoas) devem ser consumidos regularmente, para compensar a aus√™ncia de peixes na dieta.

Deixe o seu coment√°rio!