Obesidade infantil

Veja como evitar a obesidade infantil, riscos para saúde, e como ajudar os pequenos a ficar em dia com a balança.

A obesidade infantil no Brasil têm aumentado a cada ano. O excesso de peso em crianças é responsável por inúmeros problemas de saúde. Como hipertensão, problemas cardíacos, fraturas, asma e colesterol elevado.

Embora a obesidade infantil tenha causas genéticas ou hormonais, na maioria dos casos o excesso de peso é devido a excessos de calorias negativas e falta de exercícios.

O consumo regular de alimentos de alto teor calórico, como fast food, biscoitos e outros produtos industrializados, refrigerantes, doces, batatas fritas e lanches pré-prontos podem contribuir para o ganho de peso.

Outras causas da obesidade infantil são computadores, televisão e vídeo games. Pois conspiram para manter as crianças sempre em casa e sedentária. O que significa que queimam menos calorias e são mais propensas a ganhar peso.

A obesidade infantil e na adolescência deve ser prevenida, não apenas por questão de estética. As crianças com obesidade tem maior risco de sofrer com doenças cardiovasculares. Além disso, pode ocorrer resistência à insulina, problemas psicológicos e dificuldades respiratórias.

E além de todos esses problemas de saúde, crianças com obesidade têm alta probabilidade de morte prematura na idade adulta ou deficiência respiratória. Por isso a importância de controlar o excesso de peso e obesidade em crianças.

A obesidade infantil tem tratamento e equilíbrio é a chave para ajudar seu filho a manter um peso saudável. Equilibrar as calorias que seu filho come e bebe com as calorias queimadas através da atividade física e crescimento normal.

Ofereça aos seus filhos refeições e lanches nutritivos com um número adequado de calorias. Você pode ajudá-los a desenvolver hábitos alimentares saudáveis, fazendo pratos favoritos saudáveis e reduzindo tentações ricas em calorias.

A melhor prevenção da obesidade infantil é dá ênfase principalmente em evitar o ganho de peso, acima do que é apropriado para os aumentos esperados de altura. Para muitas crianças, isso pode significar ganho de peso limitado ou nenhum, durante o processo de crescimento.

 

Deixe um comentário