Picolinato de cromo

Picolinato de cromo

O picolinato de cromo é um mineral que age diretamente no metabolismo da insulina, que é a substância que faz com que a glicose possa entrar nas células, quando a insulina não consegue fazer com que as celular absorvam a glicose há um pico de glicose no sangue, já se houver uma baixa de glicose pode ser por exemplo devido a uma dieta restritiva, é justamente nesta baixa que aparece uma grande vontade por ingerir carboidratos em geral (normalmente doces).

O picolato de cromo é a forma mais bem absorvida do mineral Cromo, que é justamente a substância que age nesta parte do metabolismo da glicose. Seu uso ajuda a estabilizar os níveis de glicose de seu sangue, ou seja faz com que seu corpo não tenha tantos “altos e baixos” de glicose.

Benefícios para emagrecer

Sim, possui benefícios para emagrecer mas a função principal não é propriamente te ajudar perder peso diretamente, pois isto ficará a cargo de sua dieta e prática de atividades físicas, porém o mineral é um poderoso coadjuvante em sua dieta, afinal se não sentir vontade de ingerir doces fora de hora ficará muito mais fácil manter a dieta.

Como tomar

Sabendo como tomar corretamente acabará beneficiando sua saúde de formas indiretas, como por exemplo com a redução dos níveis de colesterol por manter seus níveis de açúcar sob controle, assim preservando sua saúde de um modo geral.

Outra boa notícia é que não há contraindicação ao uso, por se tratar de um mineral que geralmente á ingerimos no dia a dia em quantidades menores nos alimentos o organismo não apenas está acostumado como também depende deste mineral para funcionar corretamente.

Mas vale lembrar que mesmo não havendo contraindicação não se deve abusar na quantidade, pois podem ocorrer reações adversas potencialmente graves.

Efeitos colaterais

O excesso deste mineral pode acabar sendo nocivo a sua saúde, causando uma série de efeitos colaterais, entre estes os mais frequentes com doses excessivas são:

  • Dores de cabeça;
  • Insônia;
  • Diarreia;
  • Vômitos.

Em casos graves poderá levar a danos hepáticos, anemia profunda e insuficiência renal. Os estudos ainda não são conclusivos, porém já se sabe que não se pode tomar este mineral em excesso, portanto ter o acompanhamento de um Nutricionista é uma boa ideia.

Dosagem e dose diária

Estudos recentes ainda não são conclusivos com relação a qual a dosagem diária recomendada para seu uso, mas recomenda-se que não ultrapasse a dose diária de 200 mcg por dia.

Como pode ver o suplemento não fará nenhum milagre em sua dieta, porém certamente é um poderoso aliado para te ajudar a manter uma dieta saudável e equilibrada!