Polivitamínico para atletas

emagrecer

Todo praticante de atividades físicas logo no início se pergunta se precisará ou não de polivitamínicos. É uma boa dúvida, pois ás vezes os gastos energéticos são maiores do que o consumo. Mas antes de tudo, é preciso ir a um nutricionista, pois só ele poderá determinar ou não o uso.

Alguns dizem que não é recomendado o uso indiscriminado de suplementos, pois a ingestão de uma alimentação balanceada e colorida pode suprir essas necessidades.

A indicação principal é para praticantes de atividades físicas intensas, corredores ou pessoas com ingestão alimentar restrita.

Os polivitamínicos podem ser encontrados atualmente na forma de cápsulas, liquido, em pó ou comprimidos. O uso deve ser feito antes do dormir, e/ou longe das grandes refeições para que não haja interações negativas entre vitaminas e minerais.  Por exemplo, o cálcio diminui a absorção de ferro e zinco, e o sódio diminui a absorção de cálcio.

Uma boa indicação é o consumo do Centrum, ou similares, que não possuem uma grande quantidade de micronutrientes, diminuindo os riscos de erro. Sempre com acompanhamento médico. Para atletas profissionais, além do polivitamínico, é recomendada a ingestão de vitaminas C e E, por seu efeito antioxidante, que melhora o sistema imunológico. Vale lembrar que o uso indiscriminado dos suplementos e explica que, com a alta dosagem, parte das vitaminas e minerais ingeridos são automaticamente eliminados pela urina, não causando qualquer efeito positivo à saúde.

Em nosso país, têm-se notado o uso excessivo de suplementos, o que é ruim, pois esse uso pode acarretar reações como distúrbios gastrointestinais, como vômitos e diarréia, fadiga, lesão renal, erupção na pele, lesão hepática, dentre outros. Por isso fique alerta, na hora de mudar sua alimentação, ou adicionar algo novo, procure saber de tudo, pois os efeitos você poderá sentir na pele.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 voto, média: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe um comentário