Suplemento também ajuda a emagrecer? Estudo científico afirma que sim

Suplemento também ajuda a emagrecer? Estudo científico afirma que sim
Suplemento também ajuda a emagrecer? Estudo científico afirma que sim

Com o verão se aproximando na transição entre 2016-2017 e, segundo estudo da Organização Mundial Meteorológica (publicado nesta semana no mundo todo), sendo esta a estação mais quente da história há anos superando e muito as temperaturas do ano passado…

emagrecer

Bem, não é de se admirar que tanta gente corra para as dietas e processos de emagrecimentos que levem à perda de peso e a possibilidade de curtir este recorde de calor do verão nos melhores lugares possíveis: nas praias, piscinas e clubes. E, em todos estes lugares, claro, em boa forma física.

Portanto, se você tem interesse em perder peso e deseja aos poucos ir definindo seus músculos sem muito exagero, este artigo lhe interessa. E, embora a base de tudo está na nossa dieta e exercício, há um tipo especifico de suplementos alimentares que ajudam a nossa gordura corporal a queimar de forma mais eficaz todo este excedente. Estamos falando de algo que você possivelmente irá precisar para finalmente chegar ao peso ideal: os suplementos termogênicos.

Por que os suplementos termogênico auxiliam na perda do peso?

Os suplementos termogênicos têm a capacidade para acelerar o metabolismo e, consequentemente, a queima de calorias e gordura porque eles são compostos de estimulantes naturais como a cafeína, o chá verde, pimenta-caiena, café verde e guaraná, entre muitos outros. Atualmente, estes suplementos, e muitos mais, são vendidos em lojas especializadas no assunto e há tipos e mais tipos de termongêncios que podem melhor se adaptar às suas necessidades.

Como funcionam estes suplementos em nosso corpo?

Principalmente pelo aumento da temperatura corporal para ativar a lipólise, estes suplementos termogênicos aumentam o metabolismo e mais ainda o importante fornecimento de energia para o músculo. Esta oxidação produzida na gordura corporal produz também o aumento da lipólise que, por conseguinte, aumentam consideravelmente o metabolismo basal.

Além disso, está provado que a ingestão de termogênicos pode melhorar a concentração, atenção e energia, porque eles causam um aumento da geração de ATP (trifosfato de adenosina), isto é, a molécula que armazena energia proveniente da respiração celular e da fotossíntese, para consumo imediato.

Esta molécula de ATP atua como uma moeda celular, ou seja, é uma forma conveniente da transformação da energia. Esta energia pode ser utilizada em diversos processos biológicos, tais como o transporte ativo de moléculas, síntese e secreção de substâncias, locomoção e divisão celular, entre outros.

A base científica

De acordo com o estudo “Efeito de uma bebida termogênica no metabolismo energético de 24 horas em seres humanos”, publicado no JISSN (Jornal da Sociedade Internacional de Nutrição Esportiva), cujo objetivo foi estudar a avaliação dos efeitos de um suplemento dietético termogênico , o gasto energético de repouso em pessoas analisadas foi significativamente maior após o consumo do suplemento, determinado pelo estado de alerta obtido nas pessoas.

Além disso, a fadiga foi reduzida após uma hora de consumo.
Os pesquisadores do estudo relacionam isso ao resultado da evidência de que o consumo desta bebida, que consiste em catequinas do chá verde, cafeína e cálcio, aumenta o gasto de energia em até 4,6% em 24 horas.

Outro estudo que objetivou analisar os efeitos da ingestão de suplementos termogênicos na função hemodinâmica do corpo e no gasto energético em estado de repouso em homens e mulheres. Ele concluiu que o aumento do gasto energético em repouso – durante 3 horas após o consumo do suplemento – aumentou 17,3%, 19,6% e 15,3%, respectivamente a cada hora. Da mesma forma, não ocorreram alterações na frequência cardíaca ou pressão arterial em qualquer um dos grupos de controle.

Suplementos e ovos

Muito usado (especialmente m sua forma cozida), o ovo é um aliado dos suplementos no emagrecimento. Mas uma pergunta constante é se a cor da casa deste alimento é relevante em seu valor nutricional. Afinal, a cor importa tanto assim?

Na verdade, de acordo com o especialista argentino Daniel López Rosseti (dono de uma coluna sobre assunto no jornal La Nación), a cor não afeta em nada. A qualidade ou o valor nutritivo não tem nada a ver com isso, a cor varia apenas pela raça de galinha.
O ovo é rico em proteínas e saudável ao corpo humano. É um alimento com vários benefícios e muito baixo em calorias, com uma elevada proporção de aminoácidos e um alto valor biológico.

Com tantas dúvidas sobre o consumo de ovos na dieta diária, é importante procurar informações e dicas sobre o preparo, afirma López Rosseti, como os cuidados na limpeza e até no uso de spray vegetal para fritá-los, caso seja necessário.