Sibutramina como Tomar

0
616
Sibutramina como Tomar
Sibutramina como Tomar

Você sabe como tomar sibutramina corretamente para emagrecer?

emagrecer

Quase todas as pessoas que estão querendo perder alguns quilinhos, e que já tenham procurado por informações na Internet de como fazer isso de maneira eficiente, já se depararam com esse nomezinho complicado por aí.
Se você chegou aqui procurando pelo remédio em algum mecanismo de busca, ou só queria saber um pouco mais sobre emagrecimento mas nunca ouviu falar no termo, este artigo foi feito para você!
Aqui em nosso texto vamos falar tudo que você precisa saber sobre a sibutramina e seus efeitos para o emagrecimento. Entre outros assuntos, vamos falar sobre:
• O que é esse remédio?
• Será que ele realmente funciona para quem quer emagrecer?
• Como é feito o seu uso?
• Há a possibilidade de ter efeitos colaterais indesejados?
• Onde posso comprar o medicamento?

Então não perca tempo e conheça agora mesmo tudo sobre esse remédio. Vamos lá!

O que é Sibutramina?

Originalmente, a sibutramina foi desenvolvida como uma substância antidepressiva,  funciona por bloquear a receptação de serotonina e noradrenalina, que são reguladores do humor.
Porém, ao longo do tempo, médicos e cientistas observaram que os efeitos de seus componentes eram mais efetivos no corte do apetite do usuário, ao proporcionar rápida saciedade. Uma vez satisfeito, o utilizador da sibutramina comerá menos, resultando em uma perda de peso a longo prazo.
Dessa maneira, o medicamento passou a ser utilizado no tratamento de pacientes que sofrem de obesidade de graus 1, 2 e 3. A recomendação médica é para casos onde o Índice de Massa Corpórea (IMC) da pessoa está acima de 30.

Sibutramina funciona mesmo?

Como explicamos logo acima, a sibutramina ajuda SIM o paciente a obter uma perda de peso ao longo do tempo. Realizando o bloqueio dos neurotransmissores, o usuário do medicamento alcançará a sensação de saciedade mais rapidamente, terá menos apetite que o normal e reduzirá o consumo de alimentos.
Ora, uma vez que o indivíduo está comendo menos – aliado, é claro, a uma boa dieta e à prática de exercícios físicos -, ele conseguirá alcançar o corpo desejado. A perda de peso varia de caso a caso, de acordo com a dedicação do paciente. Alguns podem perder em torno de 5kg em um mês, talvez menos, enquanto outros podem conseguir deixar para trás até mesmo 10kg em 4 semanas.
Mas, se parece tão simples assim, por que será que a sibutramina não é utilizada em larga escala por todos aqueles que querem perder alguns quilos na balança? A explicação tem a ver com os possíveis efeitos colaterais indesejados que o uso do medicamento pode trazer. Confira!

Quais  os efeitos colaterais da Sibutramina?

Como a maioria das coisas nessa vida, a sibutramina possui não apenas seus lados positivos, mas também alguns pontos negativos. A perspectiva ruim do remédio está ligada principalmente a certos efeitos colaterais adversos que sua utilização pode causar, e são eles que vamos mencionar agora.
• Problemas no coração: o medicamento pode causar aumento dos batimentos cardíacos e facilitar a ocorrências de infartos, principalmente se o paciente possuir histórico na família.
• Insônias e alterações no humor também são efeitos colaterais possíveis, por causa da atuação dos componentes medicamentosos no sistema nervoso do usuário.
• Aumento na pressão arterial, dores de cabeça, constipação, boca seca e sede em excesso são outros dos possíveis efeitos.

Onde comprar Sibutramina?

O primeiro passo para qualquer pessoa que deseje comprar e iniciar o tratamento com a sibutramina é procurar um endocrinologista, o médico especializado em doenças hormonais e suas complicações. Apenas ele poderá realizar um diagnóstico adequado no paciente.
Além disso, ele terá uma conversa com o interessado para ver se é realmente necessário o uso do medicamento, se existem grandes riscos (ligados a histórico de infartos na família, por exemplo) e se outros efeitos colaterais menores valerão a pena quando comparados ao resultado almejado.
Caso seja constatado que o tratamento com a sibutramina será necessário e relevante, o endocrinologista então passará uma receita com validade de 30 dias. Todos os medicamentos que possuem o composto em sua formação são considerados psicotrópicos anorexígenos – que induzem a falta de apetite –, possuindo assim a tarja preta.
Alguns dos remédios mais conhecidos com sibutramina dentre seus componentes são o Reductil, Biomag, Plenty e Sibus. O composto também pode ser encontrado em forma genérica, e seu valor varia entre R$50 a R$70 nas farmácias do país.

Qual a dosagem correta da Sibutramina?

A dosagem para tomar dos medicamentos à base de sibutramina costuma ser diária, em cápsulas de 10mg, 15mg ou 20mg. Apenas o endocrinologista poderá definir qual a dose correta para o usuário.
O uso do remédio pode ser feito com ou sem a inserção de alimentos. Caso o paciente esqueça de ingerir uma dose, deve tomá-la assim que lembrar. Se já estiver próximo do horário da dose seguinte, deve tomar apenas 1 e seguir com o tratamento normalmente.

CONCLUSÃO

Se você chegou até aqui, agora já deve saber tudo sobre a sibutramina! Neste artigo vimos qual a origem do composto, suas funções, como atua e quais as recomendações. Também mostramos, por outro lado, possíveis efeitos negativos e porque consultar o endocrinologista para saber mais sobre o tratamento.
Por fim, mostramos como obter medicamentos com sibutramina em sua composição e qual a dosagem diária. Para mais informações, não deixe de consultar o seu médico e conferir outros artigos em nosso blog!