Wiki da Saúde

Tesofensina: para que serve, bula , efeitos colaterais e depoimentos

Com a sua proibição devido aos efeitos colaterais, a Tesofensina para emagrecer vêm ganhando a credibilidade do público devido aos seus benefícios na perda de peso, mesmo tendo efeitos parecidos com os da sibutramina.

tesofensina, tesofensina bula, tesofensina preço, tesofensina valor, tesofensina emagrece, tesofensina efeitos colaterais

As indústrias de remédios para emagrecer inovaram e lançaram este medicamento que era usado para tratamento de Alzheimer e Parkinson, inibindo a receptação de dopamina, serotonina e noradrenalina. A pílula Tesofensina é prova do estudo mundial de muitos pesquisadores sobre a cura da obesidade, que é um dos problemas mais frequentes de doenças atuais.

Lembrando que nao se trata de medicamento para saciedade da fome (inibidor de apetite) forte.

Bula

A tesofensina causou elevações dependentes da dose nao informadas na bula, na freqüência cardíaca, com aumentos significativos na pressão arterial na dose mais alta testada. Os resultados positivos iniciais sugerem que a tesofensina pode ser um tratamento de longo prazo bem tolerado para a obesidade, com efeitos cardiovasculares mínimos.

Essa visão parece ser compartilhada pelo FDA, que recentemente endossou o programa de teste de fase III para o agente. com aumentos significativos na pressão arterial na dose mais alta testada.

Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais, parecidos com os de outros remédios são a boca seca, náusea, insônia e aumento da pressão arterial. Portanto, hipertensos não devem tomar o remédio, nem pessoas que gostam de exagerar na dose de Tesofensina para emagrecer iludindo-se com a idéia de melhor efeito.

As grávidas estão proibidas de tomarem o medicamento, que pode causar alterações no feto. O médico deve ser acionado para melhor orientação da pessoa que for tomar a Tesofensina para emagrecer.

Depoimentos

Os resultados positivos iniciais sugerem que a tesofensina pode ser um tratamento de longo prazo bem tolerado para a obesidade, com efeitos cardiovasculares mínimos; essa visão parece ser compartilhada pelo FDA, que recentemente endossou o programa de teste de fase III para o agente. com aumentos significativos na pressão arterial na dose mais alta testada.

Referências Bibliográficas

  • https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/19777399/