Wiki da Saúde

Como aliviar os sintomas da TPM com ervas

Os períodos de TPM são uma verdadeira provação para as mulheres que sofrem com isso. Para aliviar os sintomas e sentir-se bem consigo mesmo, a fitoterapia oferece várias soluções eficazes. Existem muitas alternativas para aliviar os transtornos da TPM. As plantas são um deles.

Imagem ilustrativa de Como aliviar os sintomas da TPM com ervas

A TPM abrange uma série de sintomas que podem ocorrer quando uma mulher está prestes a menstruar: ansiedade, edema, tensão mamária, irritabilidade, alterações de humor e ganho de peso. Felizmente, existem vários tipos de plantas medicinais que podem ajudar a aliviar esse distúrbio. Conheça quais são elas.

Vitex negundo

As pequenas bagas desta planta têm sido utilizadas desde a antiguidade para aliviar os distúrbios do ciclo menstrual.

Estudos revelam que esta erva pode aliviar distúrbios relacionados à TPM por meio de seu efeito sobre os hormônios femininos. O Vitex negundo ajuda a equilibrar os  hormônios durante o ciclo menstrual. 

No entanto mulheres com TPM acompanhada de depressão severa devem evitar o consumo. Para a maioria das mulheres, entretanto, esta erva é eficaz. 

Angelica sinensis

Também conhecido como ginseng feminino e dong quai, é usado principalmente como um tônico para tratar a síndrome pré-menstrual feminina e dores  menstruais. Muitas mulheres tomam em cápsulas para prevenir a TPM. No entanto, evite usar angélica chinesa se estiver grávida.

Prímula-da-noite (Oenothera biennis)

Principalmente o óleo de prímula, extraído das sementes de prímula. O óleo de prímula é excelente para reduzir enxaquecas, distúrbios de humor, tensão mamária e sensação de inchaço. Durante séculos, as mulheres das tribos indígenas americanas utilizavam sementes de prímula para aliviar distúrbios pré-menstruais e menstruais. Geralmente vendido em cápsula que devem ser tomadas todos os dias até sentir os primeiros sinais de TPM.

Urtiga (Urtica dioica)

Esta erva hepatotônica é frequentemente recomendada para livrar o corpo de todos os tipos de toxinas. Quando o fígado fica sobrecarregado, fica lento para quebrar o estrogênio, o que contribui para os níveis elevados desse hormônio, que por sua vez pode causar ou piorar a TPM. A urtiga também pode diminuir o edema e a tensão mamários.

Bardana

Aqui está outra planta tradicionalmente usada como tônico para o fígado. Seu leve efeito hepato-estimulante o torna um remédio útil para o tratamento da irritabilidade associada à TPM. Bardana também tem uma ação diurética leve. Isso significa que pode ajudar a aliviar o edema e a tensão mamários que costumam acompanhar a TPM, ambos relacionados ao excesso de líquidos no corpo.

Framboesa

A framboesa é mais conhecida como planta tônica para mulheres grávidas, pois ajuda a aliviar a irritabilidade no útero. Muitos fitoterapeutas também a recomendam como parte de um tratamento para a TPM. Como o chá de ervas de framboesa é uma bebida segura e de sabor agradável, provavelmente vale a pena tentar.

Valeriana (Valeriana officinalis)

Essa erva tem ação sedativa e tranquilizante que pode ser útil para aliviar a tensão nervosa e a irritabilidade associadas à TPM.

Também pode ajudar 

Produtos à base de soja, amendoim e outras leguminosas também podem ser util para aliviar os sintomas da TPM. O tofu e vários outros produtos de soja contêm fitoestrogênios (estrogênios vegetais) naturais, embora fracos, que limitam a absorção de estrogênio pelo corpo. 

A soja tem sido objeto de muito trabalho devido a uma substância estrogênica complexa que contém, chamada genisteína. Amendoim, feijão-nhemba e outros feijões-de-lima geralmente contêm a mesma substância em quantidades ainda maiores. Já as ervilhas Bu Gu Zhi (Psoralea corylifolia) têm 50 vezes mais genisteína do que a soja.